João Paulo Lima Coutinho

Tenho apenas 16 anos. Não fumo ou muito menos chego em casa bebado, sou menor aprendiz no big box da 403 norte, estudo pela manhã e vou direto da escola para o meu trabalho. Meus pais são conservadores e sei que eles não aceitam a minha condição, e o pior é ouvir da boca de pessoas que ser gay é uma escolha ou que estamos querendo ser privilegiados. Bom, meus pais já deixaram claro que não iram no meu casamento, que não iram querer saber ou fazer parte da minha vida quando em breve for me dada a liberdade e a vida adulta. Eles também dizem que os filhos que terei, independente se forem de sangue ou não, eles não iram aceita-los como netos ( isso é o que mais dói por dentro). Meus colegas de escola e trabalho me respeitam, mas não é fácil conseguir esse respeito, pois a maioria das pessoas que me conhecem de primeira pensam que sou promíscuo ou que ficarei “dando em cima” de seus maridos, Irmãos, amigos e até mesmo deles mesmos. Onde chego tenho que mostrar que sou o oposto do que eles pensam, ouvir piadas sem me exaltar, mas às vezes me sentindo ofendido. Não tenho muitos amigos gays, os que tenho não posso negar que já peguei (alguns), mas nem por conta disso houve boatos de que eu destratei, iludi ou magoei um deles. Todos os dias acordo cedo, tomo meu banho e me preparo para o dia, sem saber se poderei ser acredido ou até mesmo se voltarei para casa vivo. Agora eu pergunto para você, querido ignorante, qual ser humano escolheria viver assim? Quem escolheria ser gay? Você escolheria? Não sei se sou uma pessoa forte, mas sempre procuro ajudar as pessoas, mesmo quando estou mal e mesmo não demonstrando isso. Não estou me vitimizando pois sei que à pessoas que vivem coisas piores todos os dias, por isso nao julgo e desejo o mal para ninguém, mas sei que pessoas desejam isso para mim. Mas não me abalo, pois tenho uma vida linda e sonhos para realizar, transbordar de amor e espalhar alegria para todos os que me sercam. E para você que me deseja mal, eu pelo contrário, te desejo tudo de bom e de melhor, que a sua vida seja repleta de amor e carinho, sercada de pessoas boas e, principalmente, desejo que você, querido ignorante, tenha amor pelas pessoas. Se fizer tudo isso, será recompensado da melhor forma possível.

De: João Paulo Lima Coutinho, agradecimentos.

Advertisements